Início » Arquivos » Brasil » Roteador do NIC.br mede a qualidade da internet

Roteador do NIC.br mede a qualidade da internet

Simet Box está sendo distribuído na Campus Party

Paulo Higa Por

O Centro de Estudos e Pesquisas em Tecnologia de Redes e Operações (CEPTRO.br) desenvolveu um roteador que mede automaticamente a qualidade da conexão do usuário em diversos períodos do dia. O Simet Box, que na verdade é um TP-Link WR740N com firmware modificado, também gera relatórios e está sendo distribuído gratuitamente na Campus Party.

simet-box-2

O gerente de projetos do CEPTRO.br, Fabrício Tamusiunas, conta que a qualidade da conexão vai muito além da velocidade de download e upload – também é necessário verificar a latência (tempo que um pacote leva para chegar ao seu destino), o jitter (variação de tempo entre os pacotes) e a perda de pacotes. Em ligações VoIP, um jitter muito alto costuma resultar em voz “metalizada”.

Esses dados sobre a qualidade de conexão podem ser obtidos no Simet, medidor operado pelo NIC.br. Os testes feitos no Simet são registrados em um mapa, que mostra a velocidade das conexões em diversas regiões do Brasil. Como as operadoras possuem acesso aos dados registrados no Simet, elas podem melhorar seus serviços de acordo com os testes feitos pelos clientes.

simet-box-1

Entretanto, assim como em outros testes de velocidade, é necessário que o usuário acesse o Simet e faça a verificação por conta própria. O Simet Box, por sua vez, executa os testes automaticamente em períodos pré-determinados e pode exportar os dados para um relatório em PDF. Com o relatório em mãos, o cliente pode usá-lo para contestar a qualidade de prestação de serviço da operadora.

O firmware do Simet Box recebe novas funções frequentemente e as atualizações são instaladas sem intervenção do usuário. No futuro, é provável que o roteador também verifique a qualidade de chamadas VoIP e faça um teste de traffic shaping.

E a interface é bem agradável:

O roteador do NIC.br roda uma versão modificada do OpenWrt. Questionado sobre a possibilidade do firmware ser liberado ao público, Tamusiunas afirmou que, como os fabricantes invalidam a garantia do roteador em caso de modificação no software, distribuí-lo seria um risco. O produto também não será comercializado – ele será apenas distribuído como doação.

O Simet Box será distribuído gratuitamente em vários eventos de tecnologia. Na Campus Party, o NIC.br está doando 250 roteadores para pessoas das cinco regiões do país, o que permitirá uma análise mais profunda da qualidade das operadoras em várias cidades. A previsão é que, durante o ano, cerca de 3 mil roteadores sejam entregues.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Bruno Silva Santos
A Meu Ponto de Vista seria mais Fácil o Governo Criar S.O aberto que possa ser Instalado com Facilidade em Qual quer Roteador de Banda Larga. Ai Sim Iria Resolver o Problema na Má Qualidade da Conexão Prestada,aqui na Minha Rua toda vez que Chove a Linha de Telefone Fecha Curto. Mas me Pergunto não seria Digital ate que Enjoe e Cançelei assinal Embratel
Marcão sparcos
Tem o link para quem quiser cadastrar amigon?
Thiago Henrique
Me cadastrei também só que não recebi ainda, RJ NET é o melhor que tem para fazer teste de velocidade kkkkkkk
Leonardo Camiza
Me cadastrei e recebi o roteador, mas o meu não precisava fazer configuração, somente conectar no meu outro roteador, que ele realizaria os testes automaticamente.