Início » Arquivos » Internet » Blogueiro ativista russo era alvo dos ataques de hoje ao Twitter, Facebook e LiveJournal

Blogueiro ativista russo era alvo dos ataques de hoje ao Twitter, Facebook e LiveJournal

Avatar Por

Durante a manhã dessa quinta-feira, vários sites de redes sociais saíram do ar sem explicação. A começar pelo Twitter, seguido do LiveJournal e logo após, o Facebook. Mais tarde, as empresas confirmaram que estavam sofrendo um ataque de negação de serviço, em que milhares de centenas de requisições falsas são feitas ao site e impede que ele responda a requisições verdadeiras. O que parecia ser só um ataque sem motivo específico revelou ser bem mais político do que se imaginava.

Segundo Max Kelly, chefe de segurança do Facebook, todos os sites atacados hoje receberam requisições de uma página específica, e não a sua página inicial. Os ataques miravam o blogueiro ativista russo que usa o login Cyxymu (nome de uma cidade na ex-república soviética república da Geórgia), que tinha contas em todas as redes sociais que saíram do ar hoje. “Foi um ataque simultâneo em vários dos vínculos dele com a web para impedir que sua voz fosse ouvida” disse Kelly. Além das redes já citadas, ele também tem um canal no YouTube e uma conta no Blogger, mas esses não foram muito afetados, provavelmente por estarem nos servidores ultra-poderosos do Google.

Captura de tela do blog atacado (+)

Captura de tela do blog atacado (+)

O blogueiro usa o LiveJournal e suas outras redes sociais para espalhar mensagens pro-Georgia, a favor da independência do país, que vive em constante conflito com a Rússia. Amanhã completa um ano que os territórios georgianos de Ossétia do Sul e Abkházia foram ocupados por tropas militares do Governo russo. Kelly não quis comentar se nacionalistas russos estão envolvidos, mas disse que os criminosos realizando o ataque “estão determinados e tem muitos recursos”. [Cnet]

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Rafael Silva
Aposto que vai virar um.
Pedro Cardoso
Parece até roteiro de filme blockbuster.