Início » Arquivos » Negócios » Vivendi quer vender a GVT, mas já sabe o que fazer se não conseguir

Vivendi quer vender a GVT, mas já sabe o que fazer se não conseguir

Grupo francês abrirá ações na Bovespa

Avatar Por

Nessa semana a Telecom Italia, proprietária da TIM no país, avisou aos franceses do grupo Vivendi que não têm interesse em comprar a operadora brasileira GVT. Com isso, a Vivendi fica numa situação complicada. Quer vender a companhia nacional por 19 bilhões de reais. Caso não consiga, o plano B será abrir as ações da empresa na bolsa de valores (o chamado IPO na sigla em inglês).

Reportagem da Folha de São Paulo publicada nessa sexta-feira (30), assinada por Julio Wiziack, revela que a Vivendi atualmente avalia quatro propostas para comprar a GVT, das quais três são de fundos de investimento. Não há operadoras de telecom na disputa, portanto.

A Vivendi avalia que o no melhor cenário venderia a GVT para outra companhia, da mesma forma que pretende vender a Activision Blizzard e a operadora marroquina Maroc Telecom.

Alô? Eu gostaria de comprar ações da GVT, s'il vous plaît.

“Alô? Eu gostaria de comprar ações da GVT, s’il vous plaît.”

Caso não dê certo, partirão para a oferta da GVT na Bovespa. Três bancos internacionais foram contratados para estruturar o início da rubrica da GVT no mercado de ações. São eles o alemão Deutsche Bank, o suíço Credit Suiss e o Rothschid, também da suíça.

Ainda de acordo com o jornal paulista, as ações seriam negociadas na categoria de Novo Mercado da Bovespa. Nessa modalidade exige-se mais transparência e governança corporativa das empresas participantes.

GVT permanecerá à venda por algo em torno de 19 bilhões de reais até março do próximo ano. Se ninguém levar, será a vez de recorrer ao mercado de ações. O grupo Vivendi trabalha com a cifra de 20 bilhões de reais para o IPO da operadora.

Vale lembrar que a GVT existe desde 2000 e foi comprada pelos franceses em 2009. Espanhóis da Telefônica tinham interesse no negócio, mas a Vivendi foi mais rápida ao anunciar o acordo que ainda não tinha se concretizado. Resultado: pagaram R$ 150 milhões para a autoridade reguladora do mercado de capitais, a CVM.

Dito isso, deixo a pergunta para você, leitor do site que gosta de investir: compraria ações da GVT na bolsa?

Se você também pensa em abrir o capital da sua empresa, eis aqui um documento da BM&F Bovespa ensinando os procedimentos.

Procurada pelo Tecnoblog, a GVT não havia se manifestado sobre o assunto até a publicação deste texto. Duvido que vá.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

neyvanlima
O grupo Vivendi está querendo concentrar os seus negócios apenas em produção de conteúdo e entretenimento, seguindo a tendência apontada por investidores. Investidores estão apontando o mesmo caminho para a Sony (eletrônica e entretenimento). Resta saber até onde ela vai resistir. Investidor é assim: Não tem de haver paixão pelos negócios. O que interessa é grana.
neyvanlima
O grupo Vivendi quer concentrar seus negócios em entretenimento.
Wilber Antonio
A GVT era uma empresa excepcional até ser colocada à venda. Mais uma operadora que vai cair na vala comum de Vivo, TIM, Claro e as demais... quem perde são os consumidores que não tem boas opções. O mesmo que vem acontecendo com bancos e etc... O lado bom é que sobra espaço para empreendedores que queiram oferecer um serviço diferenciado das podreiras que ficam dominando o mercado.
twi_51290617
Se eu pudesse eu comprava a GVT inteira.
Rafael Roland
Uma pena. A única empresa com um bom serviço por aqui. Talvez seja melhor mesmo dividir as ações e manter um corpo administrativo que mantenha um bom serviço, do que vender para uma dessas grandes empresas telecom que já estão no mercado e piorar os produtos pra diminuir custos...
Marcell Almeida
Eu compraria fácil as ações da GVT. O problema é que agora fiquei com um pé atrás após essa notícia da da Vivendi querer vender a empresa, isso é sinal de que ou tem algo errado com o plano de negocio da GVT ou a Vivendi vai mal das pernas. Seria necessário uma busca mais afundo antes de investir.
Thanara Corrêa
Eu talvez compraria sem medo até porque é uma empresa muito bem reconhecida e só tem a crescer no mercado brasileiro :D
Andros Maldaner
eu uso Kaspersky sim!
Silvio Mendes Pedrosa
Eu só não entendi ainda por que querem tanto vender a GVT?
Rodrigo Fante
Aqui também acontece algumas vezes no Safari>OSX 10.8
Bruno Rodrigues
aqui de vez enquanto acontece isso tanto no MAC quanto no Windows 8
Max
já no Ubuntu, nada acontece.
maxikd
tenho o mesmo problema aqui, e uso o Kaspersky.
RenatoJG
Faz algum tempo que tá assim por aqui... Quase nem acesso mais o site por causa disso.
Luciano Rocha
Acho que você quis dizer "market share" alí, colega.
Exibir mais comentários