Início / Arquivos / Celular /

Nokia confirma Lumia 920 com 4G brasileiro

Lumia 820 será fabricado em território nacional

Thássius Veloso

Por

Notícia
Achados do TB Achados do TB

As melhores ofertas,
sem rabo preso 💰

Lumia 920

Os novos modelos de smartphones Lumia 920 e Lumia 820 chegarão ao mercado brasileiro no primeiro trimestre do ano que vem, de acordo com informações da Nokia Brasil encaminhadas à imprensa na noite de ontem. A companhia promoveu o encontro do CEO Stephen Elop com alguns jornalistas para apresentar as novidades. Serão os primeiros aparelhos com o sistema Windows Phone 8 de fábrica.

Embora não esteja à venda em nenhum país, o Lumia 920 chama a atenção por portar câmera compatível com a tecnologia PureView. Por “PureView” entenda que se trata de uma forma de produzir fotos melhores; não de uma câmera como a do Nokia 808, capaz de registrar até 41 megapixels. Além disso, o Lumia 920 utiliza processador Qualcomm Snapdragon S4 dual-core com frequência de 1,5 GHz e memória RAM de 1 GB.

Lumia 820

Se o aparelho citado acima aparece na linha de frente, o Lumia 820 figura como intermediário no mercado brasileiro. Terá produção na fábrica da Nokia em Manaus, instalação que o Tecnoblog conheceu em março deste ano. O Lumia 820 utiliza o mesmo processador Snapdragon e a mesma soma de memória RAM. A câmera de 8 megapixels não tem a tecnologia de PureView embutida para fazer fotos mais bonitas.

Publicamos em setembro sobre o conceito de “PureView” que a Nokia defende.

Tanto o Lumia 920 como o Lumia 820 funcionam com o 4G LTE. A Nokia Brasil não soube informar qual será o fornecedor das placas de comunicações para ambos os produtos, visto que o padrão de 4G nacional foge um pouco do que nos acostumamos a ver nos Estados Unidos e alguns países da Europa.

A segunda leva de produtos Lumia foi apresentada há mais de um mês em Nova York. Primeiro a Nokia precisa esperar

A notícia chega num momento em que a Nokia avisa aos acionistas de resultados financeiros decepcionantes. As reservas financeiras caíram de 4,2 bilhões de euros para 3,6 bilhões de euros no período. Por incrível que pareça, o braço para produção de equipamentos de infraestrutura Nokia Siemens Solutions tem ajudado bastante nas finanças.