Início » Arquivos » Brasil » Claro Vídeo, a Netflix da Claro, é anunciada

Claro Vídeo, a Netflix da Claro, é anunciada

Avatar Por

Rio de Janeiro – A Claro anunciou durante coletiva na feira Futurecom a disponibilidade futura de um serviço com jeitão de Netflix. O Claro Vídeo funciona como uma central de vídeos e demais conteúdos, entre eles séries e clipes musicais, pelo qual o cliente paga mensalmente ou a cada item que decidir assistir. O serviço deve entrar no ar no primeiro trimestre do ano que vem, de acordo com informações fornecidas pela assessoria de imprensa do grupo.

Embora tenha Claro no nome, o novo serviço anunciado hoje não se junta a outras ofertas da companhia. O pagamento será mensal, como se fosse Netflix, ou por item adquirido, modelo de pagamento adotado pela Apple com a iTunes Store nos Estados Unidos e demais países onde atua.

Claro Vídeo foi apresentado durante a Futurecom no Rio de Janeiro (foto: Lucas Braga / Tecnoblog)

Claro Vídeo foi apresentado durante a Futurecom no Rio de Janeiro

A Claro inicialmente não deu informações de preços nem disponibilidade do serviço Claro Vídeo. Assinantes de outros produtos do grupo deverão escolher se querem receber a cobrança na conta integrada.

Pelo que o Tecnoblog apurou de maneira preliminar, o Netflix da Claro não dará desconto, por exemplo, para quem já tem outro serviço do grupo mexicano. Clientes de telefonia fixa ou móvel devem pagar o mesmo preço que os clientes que não assinam nada da Claro mas têm interesse no serviço de streaming. Também não sabemos os preços que a Claro planeja cobrar.

A Claro cobra na Colômbia 16.900 pesos mensalmente pelo serviço. Convertendo, dá aproximadamente 20 reais por mês.

Na apresentação feita por executivos da Claro percebemos que a interface do site de Claro Vídeo estava em espanhol. Rápida pesquisa na internet nos revela que o serviço é ofertado pela subsidiária da Claro na Colômbia. Por lá utiliza tecnologia Silverlight fornecida pela Microsoft para validar e iniciar a transmissão dos conteúdos. Esta é uma das tecnologias mais usadas para este fim, inclusive, ainda que o Adobe Flash seja o mais comum para exibição de conteúdo multimídia (enquanto o HTML 5 não deslancha nesta seara).

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Anderson
Prefiro o Crackle, onde posso assistir filmes online gratuitamente.
Ian Welerson
Aonde? Que eu não achei aqui....
Ian Welerson
O problema de todos esses serviços e a demora para certos conteúdos. Agora eu deixo uma pergunta: Existe algum serviço que exibe séries novas, tipo, hoje sai um episódio de uma determinada série, e alguns dias depois já está disponível para ser assisti nesse serviço, com legenda e tudo bonitinho?
Edmilson
Aguardando o lançamento mas acho improvável que exista algum bom motivo para trocar.
Thanara Corrêa
oaieuoiauoeuao gostei da zoada, verdade hoje tudo que tu compra de tecnológico vem com netflix de "brinde"
Fabio
Agora que eu vih o link "Edit" nos comentários, até que enfim em team!!! UP
Ramon Melo
O Netflix até dá para perdoar porque roda em Android, iOS, Windows Phone, Xbox 360, PS2, PS3, Wii, Smart TV, torradeira Arno, lavadora Consul, geladeira Brastemp, etc, então dá para se virar sem o Linux. Se a Claro não fizer o mesmo, não vai valer a pena para quem depende do Linux.
Ramon Melo
Exatamente, proteger o conteúdo da minha carteira das garras da Claro.
viniciusghietti
Vivo Tv http://www.tecnoblog.net/115801/vivo-tv-fibra-mediaroom-testes-4g/
True Story
Se acostume com isso. Silverlight é pra proteger conteudo.
Robson Laranjeiras
Fora que acreditar em qualquer produto ou serviço da CLARO é piada. Eles não tem sequer uma rede de voz estável... Pessoalmente, não me tornaria cliente deles em nenhum produto ou serviço.
Rodolpho Freire
não que seja o caso, mas o que impede de estar rodando no browser do tablet =X
Luiz Alberto
Ops. :P Mas a pergunta continua valendo pros consoles. Alguém do Tecnoblog tweetou algo de algum serviço de tv vir pro Xbox...
carlos sidnei
O maior problema que temos com essa oferta de serviços é que estão ficando com filmes e série em redundancia... Com a oferta de titulos da netflix e supondo que ela mantenha o preço (mesmo depois do problema com ancine), fica dificil trocá-la pelas meia boc....ops...por opções nacionais. Exemplo de diferencial, seria + ou - como a globo está fazendo, apesar de eu detestar novela e não consigo acreditar em quem pagaria p/ assistir GLOBO...certamente terá clientes que vão querer assistir seus conteúdos, no entanto, também só faria sentido se a globo disponibilizasse as novelas de 1900 e bolinhas p/ pessoal assistir...
Felipe Autran
Cara, não acredito que tu leu a matéria sem ver a foto imensa do site em um tablet ali no meio.
Exibir mais comentários