Arquivos Celular

Nokia Lumia 510, um Windows Phone de baixo custo, foi homologado pela Anatel

Aparelho deverá possuir 256 MB de RAM e rodar Windows Phone 7.8.

Paulo Higa
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

Informações não oficiais divulgadas recentemente na China indicavam a existência de um Lumia 510, um Windows Phone de baixo custo que a Nokia deveria anunciar no lançamento do Windows Phone 8. Agora existe uma grande possibilidade de o aparelho ser vendido no Brasil: ele já passou pela homologação da Anatel.

O Lumia 510 deve competir de igual para igual com os Androids baratos. Mas a experiência do smartphone também será limitada: o Engadget cita como especificações técnicas um processador Snapdragon de 800 MHz, RAM de apenas 256 MB, tela de 4 polegadas e câmera de 5 MP. Ele deve se comportar como o Lumia 610, que no início foi criticado por não rodar nem Angry Birds por falta de RAM.

Foto vazada do Lumia 510: é, o aparelho não é muito bonito…

Com esse hardware basicão, nada de Windows Phone 8 — ele deverá ser lançado com Windows Phone 7.8, que não poderá executar aplicativos desenvolvidos para o novo sistema e até agora só possui uma novidade confirmada, a tela inicial com blocos de diferentes tamanhos.

Naturalmente, ainda não há datas de lançamentos ou preços do Nokia Lumia 510, já que o dispositivo não foi confirmado pela fabricante finlandesa. O sistema de homologação da Anatel mostra que a Nokia Brasil solicitou sigilo do manual de instruções e das fotos até o dia 29 de outubro, o mesmo dia que o Windows Phone 8 deve chegar ao mercado americano. Será que teremos Ativ S, Lumia 920 e outros aparelhos nessa data também?

Dica do leitor Hallekeyxis Vaz. Obrigado!

Paulo Higa

Editor-executivo

Paulo Higa é jornalista, com MBA em Gestão pela FGV e uma década de experiência na cobertura de tecnologia. Trabalha no Tecnoblog desde 2012, viajou para mais de 10 países para acompanhar eventos da indústria e já publicou 400 reviews de celulares, TVs e computadores. É coapresentador do Tecnocast e usa a desculpa de ser maratonista para testar wearables que ainda nem chegaram ao Brasil.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque