Início / Arquivos / Internet /

Twitter arrumou mais um jeito de irritar os desenvolvedores

Companhia vai eliminar opções para envio de imagens no app oficial.

Thássius Veloso

Por

Notícia
Achados do TB Achados do TB

As melhores ofertas,
sem rabo preso 💰

Aplicativos de Twitter para celulares e tablets costumam oferecer uma série de serviços para hospedar as imagens que o usuário quer mandar para o microblog. Ou costumavam, com verbo no pretérito. O BuzzFeed informa que fontes próximas do Twitter confirmam o desaparecimentos das opções de hospedar as fotos em alguma das próximas atualizações de software previstas para chegarem aos usuários.

O Twitter, depois de anos confiando na tecnologia de outrem para armazenar fotos, decidiu ele próprio fazer o trabalho sujo. Utilizam a infraestrutura da Amazon AWS, provedor de serviços online do gigante do varejo Amazon, para o upload das imagens diretamente do site Twitter.com. Imagine que você já está na página e tem a opção de enviar a foto – para que, portanto, recorrer a outro serviço?

No iPhone

Atualmente o software oficial de Twitter para iPhone apresenta seis opções de hospedagem de imagens, além do próprio Twitter: yFrog, TwitPic, Mobypicture, Twitgoo, Posterous e Img.ly.

Segundo informações do BuzzFeed, o Twitter Inc. entrou em contato com as empresas responsáveis por estes serviços. Querem evitar baderna como a que aconteceu há algumas semanas ao anunciarem restrições que resumidamente inviabilizam ou pelo menos desestimulam a criação de novos aplicativos voltados para postar atualizações no microblog.

O fundador do TwitPic diz que a maioria das imagens parte de aplicativos de terceiros, não daqueles controlados pelo Twitter. Ainda assim, soluções independentes respondem por somente 23% de todos os tweets.

Parece que os criadores do microblog perceberam tarde com o que poderiam ganhar dinheiro. Querem se tornar uma empresa de mídia. No entanto, uma empresa de mídia cuja modinha está claramente passando. Tenho a impressão de que mais e mais internautas recorrem ao Facebook como principal serviço de mídia digital. Nadando contra a maré, o Twitter toma decisões que irritam principalmente a comunidade de desenvolvedores.

Há aplicativos oficiais do Twitter para Android, iOS e Windows Phone, as principais plataformas de smartphones (o suporte ao BlackBerry descansa em paz).