Início » Arquivos » Celular » PureView não é sinônimo de muitos megapixels

PureView não é sinônimo de muitos megapixels

CEO da Nokia explica que conceito diz respeito a fotografias melhores no celular.

Avatar Por

Como sabemos, a Nokia revelou ao mundo dois smartphones rodando Windows Phone 8. O Lumia 820, mais simples, deve chegar como um produto básico ou intermediário. Destaque mesmo vai para o Lumia 920, com direito a carregador sem fio (utiliza indução) e câmera com tecnologia PureView. Quer dizer que os consumidores têm os 41 megapixels do Nokia 808 em um aparelho mais avançado? Não exatamente. PureView não é sinônimo de quantidade de pixels.

Nokia 808 custa quase 2 mil reais

Embora o Nokia 808 tenha sido o primeiro celular com tecnologia PureView e tenha câmera de 41 megapixels, este não é o único objetivo da fabricante finlandesa, que vem desenvolvendo os componentes de câmera em parceria com a Carl Zeiss. O CEO da Nokia, Stephen Elop, disse em entrevista ao site The Verge que PureView designa o comprometimento com fotografia de qualidade superior.

Dois itens importantes credenciam o Lumia 920 para receber a alcunha de aparelho com PureView. Primeiro de tudo, um sistema flutuante move os grupos de lentes para que o resultado da foto seja melhor. De acordo com Elop, somente esta função por si só garante melhores fotos mesmo quando o dono do aparelho tem aquele tremelique básico ao fazer a foto. Avós de todo o mundo agradecem pela novidade.

A abertura da objetiva está maior: f/2.0. Seria a maior em um smartphone disponível atualmente no mercado, de acordo com a Nokia. Mais luz entra pelo orifício da câmera, o que tende a resultar em imagens melhores.

O Lumia 920 passa longe do “megazoom” (como vinha sendo chamado) do primeiro aparelho com PureView. A câmera faz fotos com até 8,7 megapixels, bem abaixo dos 41 megapixels. Porém, é importante lembrar que o Nokia 808 até fotografa nessa qualidade toda, mas as imagens finais, depois de passarem pelo processo de oversampling, têm 5 megapixels.

Nokia 920 com PureView

Para melhor ilustrar o uso do termo PureView basta traçar um paralelo com o Retina Display (ou “tela Retina”, como vem sendo chamado na comunicação oficial em português) da Apple. Inicialmente, com o iPhone, acreditávamos que se tratava de um número certo de pixels por polegada. Mais tarde ficou claro que se trata bem mais de um conceito (até filosófico, eu diria) do que uma especificação técnica. Há iPad e Macbook com Retina Display. Nenhum deles oferece a mesma densidade de pixels do iPhone.

A tecnologia PureView segue pelo mesmo caminho. Mais um conceito do que uma especificação. Excelente pedida para um mercado que se prende cada vez mais a experiências e menos a especificações.

Encontrei um documento (PDF) no site da Nokia que explica em detalhes a tecnologia de PureView. Fica a recomendação de leitura para quem se interessa pelo assunto. Em inglês.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Rafael
Tudo a ver com a "pegada" em hardware da Nokia.
caRIOca
O problema é explicar para um leigo que os 8,7MP de um Nokia Lumia é bem melhor que os 12MP de Sony Xperia. Bem que os xing-lings têm 12MP e as fotos são bem piores que as VGAs.
Edmilson
Vinicius, sim peixes do mal! umas 30 fotos para uma "prestar", e não é só com celular não, é até com uma compacta empolgada fujifilm s4000 e eles não param! Em todo o caso já desisti.
@leossoliveira
Pessoal (TB) depois dessa semana era merecido um Podcast!
@leossoliveira
Não importa ter 2mpx se tiver aquela qualidade absurda da câmera do Lumia 920!
Vinícius
kkkkkkkkkkkkkk, peixes do mal é ???
Edmilson
Espero que isso me permita fotografar melhor os meus peixes, que são seres do mal e ao ouvirem o som da câmera correm ou ficam de frente.
Thássius Veloso
Talvez a Nokia devesse continuar com o PureView como uma tecnologia de oversampling acrescida de câmera poderosa. Porém, o que o Elop disse hoje foi o contrário: trata-se de produzir fotos melhores. E convenhamos, se PureView fossem os 41 megapixels, quase não haveria celulares com a marca. Fica muito grande para um aparelho para o cotidiano.
Ramon Melo
Perfeito. Pena que eu só posso dar uma joinha pro seu comentário.
Ramon Melo
Eu não ponho defeito em nada, não sou eu quem fabrico esses aparelhos. o.O
Ramon Melo
Eu não sei se concordo. A tela Retina no iPhone foi um avanço admirável, a Apple transformou um produto que até então era criticado pela baixa resolução num verdadeiro parâmetro de qualidade para as telas. Por mais que tenha sido marketing, os californianos foram, de fato, os primeiros a investirem em telas de altíssima densidade (pelo que eu me lembre, posso estar errado). A Nokia deu a entender que PureView era o nome da tecnologia de oversampling do Nokia 808, que é um aparelho bastante admirável e único. Ao usar o nome PureView só para indicar um conceito (que já existe na concorrência há vários meses, aliás), ela confunde os usuários que esperavam ver a mesma tecnologia empregada no Nokia 808 embarcada num Lumia. O próprio documento que você mostrou em PDF dá atenção mais que especial ao oversampling, dando a entender que ele é a espinha dorsal do PureView. O que faz sentido, já que autoestabilização de imagens, sensor de abertura larga, lentes de qualidade, contraste dinâmico e o modo de captura em sequência não são novidades no mundo dos smartphones desde o ano passado. Desde o iPhone 4S, tudo isso é praticamente padrão em qualquer high-end do mercado. Quer apostar quanto que Samsung e HTC já possuem protótipos com essas especificações?
@denirocha
Ah, tá, safadinhos. Então por que cargas d'água, no lançamento do 808, deram tanto destaque ao processo de "oversampling" e agora nenhuma menção sequer? Este processo seria o grande trunfo de compactar os pixels à razão de até 7:1, obtendo as imagens de 5 e 8MPx fantásticas, foi ISSO que nos disseram ser o Pureview, dona Nokia! E agora vem falar em captação de 5x mais luz, como se fosse mágica ou bolinhas azuis do sabão em pó... para disfarçar a ausência do NECESSÁRIO flash xenon. Sinceramente, não acredito que o 920 vá tirar fotos acima da média dos outros Lumias então, acho que desencanei do 920 e olho com mais carinho pro 820, praticamente o mesmo aparelho, porém mais honesto. E não me venha com chorumelas, dona Microkia!
@leossoliveira
Lá vem ele por defeito nas coisas kkkk
Fabio
Ela não tem dinheiro pra isso...
Fabio
Ao menos que um smartphone tenha sensor fullframe, não venha defender o que muita gente ai não sabe o que é
Exibir mais comentários