Início / Arquivos / Internet /

Desapegue da sua biblioteca; ouça músicas por streaming

Rafael Silva

Por

Notícia
Achados do TB Achados do TB

As melhores ofertas,
sem rabo preso 💰

A Advil lançou esse ano a série de vídeos “Pensando Bem com As Olívias”, em que as personagens lidam com casos da vida moderna, como a grande quantidade de senhas que precisamos gravar ou a difícil arte de imitar um tutorial postado no YouTube. Em um dos episódios a Olívia é abordada por um ladrão que quer roubar seu iPhone, mas a moça tem dificuldade em se desapegar do celular. Veja o vídeo logo abaixo.

Como você viu no vídeo, a extensa biblioteca de músicas da Olívia foi um dos motivos que fizeram o aparelho virar um item sagrado, que não pode ser roubado sob nenhuma circunstância. Mas a moça tem uma alternativa em potencial para poder exercer o desapego do aparelho: usar serviços de streaming de músicas. Eis aqui três dicas de serviços para isso.

Oi Rdio

Aqui no Brasil o Oi Rdio foi lançado há pouco tempo e já tem um aplicativo que permite o streaming. O catálogo conta com mais de 18 milhões de músicas dos mais variados artistas. Para ter acesso a ele, basta cadastrar no serviço pelo site e baixar o programa (tem para Android e iOS).

Todos os usuários novos têm direito a 7 dias de assinatura de graça para experimentar o serviço – tempo o suficiente para você testar os aplicativos e descobrir se vale a pena. Após esse período, a conta atinge algumas limitações e você não poderá, por exemplo, fazer streaming pelos aplicativos. A assinatura custa 9 reais por mês (acesso apenas web) ou 15 por mês (acesso pela web e aplicativos). O streaming, aliás, funciona tanto por WiFi quanto por 3G.

Grooveshark

Apesar dos problemas judiciais da empresa, o Grooveshark fornece um bom serviço de streaming de músicas. O foco dele é a criação de playlists que podem ser acessadas em qualquer dispositivo. O problema é que, como os arquivos de músicas podem ser enviados pelos próprios usuários, não há garantia de que a qualidade deles será das melhores. Isso sem falar na quantidade de músicas repetidas que serão mostradas na busca.

Não há um aplicativo do serviço para iOS e a versão do programa para Android foi chutada da Google Play Store logo após retornar na semana passada. Mas há alternativas: quem usa Android pode baixar o aplicativo diretamente do site do Groovehsark (basta ativar a instalação de aplicativos fora da Play Store) e quem usa qualquer outro aparelho pode experimentar o player em HTML 5 que o serviço oferece para dispositivos móveis.

Terra Sonora

Como o nome sugere, o Terra Sonora é do portal brasileiro Terra. Segundo o site, existem 2 milhões de músicas disponíveis para streaming, o que não chega a ser tão impressionante quanto os 18 milhões que o Oi Rdio tem, por exemplo, mas elas estão espalhadas em 150 gêneros diferentes, como eletrônica, clássica, pagode, trilha sonora e outras.

O serviço tem aplicativos para iOS e Android, mas o acesso a eles é pago e apenas para quem escolher o plano mais caro de assinatura. Os planos de assinatura são Sonora 10, 25 e 50, e custa, respectivamente, 10, 15 ou 60 reais mensais. Todos os planos permitem acesso ao streaming ilimitado de músicas online pela web, mas o que varia é a quantidade de canções que você pode baixar do serviço (10, 25 ou 50 mp3 por mês) e a possibilidade de acessar aos aplicativos.

Last.fm

O Last.fm é um serviço similar aos anteriores, mas que tem um foco maior na descoberta de músicas novas baseado no que você já ouviu. Ele permite procurar algum artista ou música no seu vasto catálogo e ouvir outras canções similares no que eles chamam de “Rádio”.
A desvantagem do Last.fm é que nem todas as músicas estão disponíveis para streaming completas, elas podem ser limitadas a 30 segundos cada. Mas a vantagem que o serviço oferece é mesmo poder encontrar novos artistas e músicas que você pode não conhecer ainda.

O serviço também oferece aplicativos gratuitos para iOS e Android, mas para ouvir as Rádios é necessário ter uma assinatura no serviço – custa 3 dólares por mês.

Aproveite para curtir a página de Advil no Facebook.