O grupo LulzSec causou um grande problema para Sony em 2011. Eles conseguiram invadir servidores de vários serviços da empresa e no processo capturaram uma quantidade enorme de dados, que foram vazados logo depois. Então não é de se estranhar os membros do grupo estão sendo procurados pelo FBI desde então. Hoje mais um deles foi preso.

Perfil de Raynaldo no Facebook: “I’m just your commom computer geek”.

O americano Raynaldo Rivera, de 20 anos, se entregou hoje às autoridades depois que um juiz formalmente o acusou de “conspiração e dano não-autorizado de um computador protegido”. O grupo tornou público cerca de 4,5 milhões de dados privados de usuários da Sony, entre usernames, emails, número de telefone e outros. Estima-se que o vazamento tenha custado até 600 mil dólares para a empresa. Rivera pode pegar até 15 anos de prisão pelos crimes.

Rivera era cúmplice de Cody Krestsinger, de 24 anos, que confessou em abril desse ano participar do grupo e do ataque à Sony. Krestsingeg foi encontrado porque usou o serviço HideMyAss.com para mascarar seu IP verdadeiro e atacar os sites. Esse serviço proíbe o uso ilegítimo e, por isso, colaborou com as investigações que levou o FBI a encontrar o nome do hacker e prendê-lo.

Não se sabe quantos membros do grupo foram presos até agora, principalmente porque o FBI tem executado mandatos de busca e apreensão protegidos, que não revelam o nome dos envolvidos. Mas sabemos que Laurelai Bailey, Lance Moore, Topiary, e Hector Xavier Monsegur estão entre os membros do grupo que já foram fichados pelo FBI.

Esse último, por sinal, era mais ou menos o líder do grupo, que atendia pelo codinome Sabu. Ele foi preso em março e tem colaborado com as investigações do FBI desde então. E até ganhou recentemente 6 meses de liberdade por colaborar tanto.

Com informações: Reuters.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Ryo
O Hide my ass não esconde muito bem a bunda dos outros, hein!
@LBKatan
Podiam ter bichado o servidor de alguma outra forma, divulgado alguma outra coisa, sei lá.. Não?
Gaius Baltar
Ok! Não gostei do teu comentário, invadi o teu PC e vou publicar teus dados no "Face", bacana? :-)
Gaius Baltar
Vista "groça"? Aprenda português antes postar suas bobagens, caro troll.
Forbidden_404
Perceba a diferença "AE GALERA INVADIMU O SERVi DA SONY KKJJJJJJJJJJ HUUUR DUUURR" Reação: Bando de retardado, até parece "AE GALERA TOMA ISSO PRA VCS KKKKKKKKKKKKKKJJJJJJJJJJJJJJJJJJJJJJJJJJJJJJJJJJJJJJJ" Reação: @!#[email protected]*#[email protected] MINHA CONTA! A segunda maneira é mais eficaz de mostrar ao povo como as coisas são
Forbidden_404
O problema não é invadir, é usar o HideMyAss pra se esconder, com outras alternativas mais eficazes
Rodrigo Moura
Parece ser uma coisa tão fácil de fazer... =x
Otton Moura
Demorou.
UgOw
Ele devia estar chatiado com o pessoal do grupo e resolveu lacar com a galera... Premeditado... Tipo "La Usurpadora..."
Ibrahim Inteligente
Publicar dados é uma forma de protesto e de cobrança de melhorar a segurança. Se vc não sabe sobre o caso inteiro e nao sabe o que motivou isso nao deveria comentar
Ibrahim Cássio
Até hoje não entendi a proposta dessa manifestação pífia desses caras. São contrários ao feudalismo, capitalismo, sionismo, Xuxa ter mudado o cabelo, tudo bem, podem derrubar servidor, fazer ataque DDoS etc. Mas tornar público os dados pessoais de cidadãos comuns? Ai, não! São criminosos e merecem os anos de detenção que terão que cumprir.
@Ronieri_
Duvido muito. Se ele invadiu o servidor da sony, com certeza invadiu outros ao redor do mundo. Era só utilizar uma grande ponte entre estes servidores.
Kessler
É o contrário, prendem os mais idiotas porque eles são idiotas e deixam mais rastros.
Daniel
Muito estranho, parece mais um daqueles casos onde prendem os mais fracos como se fossem os principais responsáveis pelo crime. Enquanto os cabeças do grupo ficam livres. O cara tem conhecimentos tão avançados a ponto de invadir um servidor de grande porte, mas não tem coragem de utilizar ao menos o TOR?
Scheldon
Não pois o governo Prefere fazer vista groça do twitter que censura os posts de pessoas que estão protestando contra a corrupção ou passar a mão na cabeça dos mesmos haveres que ele caçam quando eles atacam os servidores de nações soberanas porque elas estão atrapalhando a agenda sionista. Neste caso cabe ai cidadão comum fazer o que deve ser feito.
Exibir mais comentários