A Samsung apresentou hoje no evento IFA 2012 a sua grande novidade para o mercado de câmeras digitais. É a Galaxy Camera. Trata-se de uma point and shoot que roda o sistema Android 4.1. Sim, uma câmera digital roda o Jelly Bean, sendo que nem o seu queridinho Galaxy S III é agraciado com tal proeza. A grande aposta é de que o usuário consiga, além de tirar suas fotos, editá-las na própria câmera com facilidade.

É uma câmera que roda o Android mais atualizado que o seu

A Galaxy Camera não deve decepcionar no quesito de compartilhamento. A câmera apresenta conectividade por 4G, 3G, Wi-Fi e Bluetooth 4.0. Ou seja: da própria câmera é possível enviar as fotos para o Dropbox, por Bluetooth, por email ou para produtos com a tecnologia AllShare. Na verdade você pode compartilhar onde você quiser: apesar de ser uma simples câmera, o acesso à Google Play Store é liberado, sendo possível baixar diversos aplicativos, incluindo o Instagram. Olha a oportunidade para os hipsters de plantão!

Como câmera, as especificações não são de se jogar fora: são 16,3 megapixels, com uma lente F2.8 de 23 mm e 21x de zoom óptico e tela de 4,8 polegadas com resolução HD. Ela consegue capturar vídeos em MP4 na resolução Full HD, bem como gravar vídeos em câmera lenta na resolução de 720×480 pixels, com até 120 frames por segundo. A Galaxy Camera ainda possui 10 modos de disparo, GPS e possui memória interna de 8 GB, expansíveis através de cartão micro SDHC.

Essa não é a primeira câmera com Android já existente. A Polaroid já havia anunciado a SC1630 no início do ano e a Nikon anunciou a Coolpix S800c agora em agosto. E, sinceramente, acredito que a ideia de câmeras com Android é muito boa, tendo em vista o software ultrapassado das atuais câmeras. O único problema, ao meu ver, é a bateria: a Smart Camera, por exemplo, tem bateria de 1650 mAh, o que deve ser pouco para um dia de passeio.