O Twitter anuncia nessa semana um novo programa de certificação de produtos e de serviços. Espere aí, “certificação”, aquele papo chato de grandes corporações? Exatamente. A iniciativa chega “para trazer alguns dos produtos e serviços dos desenvolvedores desenvolvedores do Twitter para negócios e organizações que mais precisam deles”. São três possibilidades: produtos de engajamento, de análise e de revenda de dados.

Vamos para o último porque me parece ser o mais interessante. Pode parecer que falo de revenda de dados dos usuários cadastrados, mesmo negócio no qual o Facebook lidera, mas na verdade são tecnologias para filtragem de tweets. Por exemplo, o Topsy aparece descrito como fornecedor de “mensurações proprietárias que quantifica o volume e as características de comunicação para uma palavra-chave, termo ou domínio de interesse”.

HootSuite tem certificação para engajamento e análise de dados

Os produtos de análise previstos no Certified Products Program prevê tecnologias que ajudem negócios a aprender com o que os clientes falam no serviço de microblog. Produtos de engajamento, por sua vez, auxiliam as marcas a se manterem em contato com os consumidores. Nosso velho conhecido HootSuite faz parte dos produtos.

São inicialmente 12 empresas parceiras do Twitter Inc. no fornecimento de serviços complementares ao basicão que qualquer pessoa acessa gratuitamente. A companhia convida responsáveis por outros produtos interessantes que se utilizam do ecossistema do Twitter para enviarem o cadastro. Para tanto, primeiro, tem que seguir as diretrizes do programa.

Informações sobre o cliente utilizado pelo internauta para publicar um tweet foram suprimidos do site do Twitter (o twitter.com) nessa semana. Na semana passada a mesma companhia fechou a porteira para novos apps que usam a rede social, diminuindo as chances de termos um novo aplicativo queridinho como foi o Tweetbot e similares. Agora decidem lançar certificação para alguns parceiros. Algo me diz que o Twitter nunca esteve tão preocupado em tomar controle de volta do monstro que criou. Se isso é bom ou ruim? Aguardo seu comentário sobre o assunto.

O Twitter não informou se cobra alguma taxa dos parceiros participantes do novo programa de certificação.