Início / Arquivos / Telecomunicações /

Anatel vai fiscalizar cobranças das operadoras de celular

Lucas Braga

Por

Notícia
Achados do TB Achados do TB

As melhores ofertas,
sem rabo preso 💰

As operadoras estão em um momento difícil. A Anatel está fiscalizando tudo que ela nunca tinha fiscalizado antes, e de uma vez só. Vendas proibidas, ameaças de cassação de licenças de operação, investimento forçado são apenas alguns exemplos do que as teles estão passando. Agora a agência está pressionando as operadoras em uma área mais delicada: cobrança. Os sistemas de faturamento das empresas de telefonia serão fiscalizados.

Para tal fiscalização a Anatel irá averiguar o número de contas com erros de cobrança que são enviadas para os clientes. Dentre os mais frequentes estão a cobrança indevida de chamadas e inclusão de serviços não solicitados. As primeiras operadoras na mira da agência são a Claro e a Vivo, mas isso não significa que Oi, TIM e outras operadoras regionais ficarão fora da jogada – a Anatel afirmou que irá investigá-las também.

De acordo com a agência, cobranças indevidas estão bem altas do ranking de reclamações contra as operadoras – de um total de 86,9 mil reclamações, 38,2 mil são de erros cobrança.

A mudança é positiva para o consumidor a espero que o trabalho da agência surta efeito. Afinal de contas, eu já tive problemas de cobranças com todas as operadoras possíveis, com erros que variavam de míseros 2 centavos como um erro de mais de dois mil reais (eu quase tive um infarto ao abrir essa conta). Seria bom se expandissem essa fiscalização para os serviços de telefonia fixa, banda larga e TV por assinatura.

Com informações: Folha de S. Paulo. Atualizado às 13:30 do dia 24 de agosto.