Início / Arquivos / Curiosidades /

Facebook trabalha num projeto secreto: Sub-Zero

Quase secreto, pois neste artigo você fica sabendo do que se trata.

Thássius Veloso

Por

Notícia
Achados do TB Achados do TB

As melhores ofertas,
sem rabo preso 💰

Um dos mais marcantes personagens de Mortal Kombat (faz pouco tempo que percebi que escrevia com “K”, mas tudo bem) dá nome a um novo e interessante projeto quase secreto que o Facebook decidiu começar. Mais do que isso, dá nome a um edifício inteiro dedicado a uma nova tecnologia que a rede social vem preparando. A companhia liderada por Mark Zuckerberg quer inventar um jeito novo de fazer backup dos arquivos dos usuários.

Para tanto, recorrem a um edifício de 30 mil metros quadrados na cidade de Prineville, no estado do Oregon. Um datacenter já existe ali. Agora estão produzindo um mini-datacenter localizado imediatamente ao lado, com 6,2 mil metros quadrados.

Sub-Zero (de Mortal Kombat)

Pois bem, a ideia do Facebook com o Sub-Zero é criar um novo dispositivo para backups de emergência. Considere que bilhões de interações acontecem diariamente na rede social. Caso necessário, conseguiriam rapidamente recuperar certos arquivos a partir de um datacenter em que os servidores de baixo consumo são religados rapidamente. A Wired.com, primeira a noticiar essa história, diz que a equipe de engenharia do Facebook quer criar um disco rígido que seja desligado completamente quando não está em uso.

Um rack de servidores do Facebook utiliza em média 4,5 kilowatts. No Sub-Zero o consumo deve cair para algo em torno de 1,5 kilowatt. Redução para um terço – importante para uma empresa do tamanho da rede social, em que cada detalhe ganha escala rapidamente. Os engenheiros têm de seis a nove meses para chegar a uma versão final do servidor. Claro, ainda precisam fazê-la funcionar com a atual infraestrutura de rede.

O datacenter Sub-Zero deve receber os arquivos de backup que normalmente vão para fitas magnéticas. O Google revelou no ano passado que ainda recorre às tais fitas, por mais que nos pareçam uma tecnologia ultrapassada. Outros gigantes da internet também mantêm backups de segurança nesse tipo de armazenamento.

O Facebook não usa fitas porque esse processo custa muito caro. Em vez disso, mantêm uma cópia de cada arquivo para quando o servidor engasga, e outra que não permanece imediatamente legível para eventuais catástrofes. Sub-Zero deve ajudar no segundo nível de redundância, garantindo armazenamento barato dos arquivos para o caso de necessidade.

Atual datacenter do Facebook em Prineville (foto: reprodução / Wired.com)

Atual datacenter do Facebook em Prineville

Economizar sempre foi lema do Facebook. Não por acaso, decidiram instalar um datacenter na Suécia que fica estrategicamente numa cidade em que, por oito meses do ano, não há necessidade de resfriamento adicional. A natureza já faz sua parte e ajuda a diminuir a conta.

Leia também a retrospectiva de Mortal Kombat escrita pelo colunista Izzy Nobre. O game faz história desde 1992 (eu tinha só quatro anos).

E se tiver coragem, fique com este vídeo recomendado pelo nosso visual designer o caro Marcel Müller. Por sua conta e risco:


(Vídeo do YouTube)