Início / Arquivos / Brasil /

TIM amplia cobertura WiFi em parceria com Linktel

Lucas Braga

Por

Notícia
Achados do TB Achados do TB

As melhores ofertas,
sem rabo preso 💰

Nos últimos meses as operadoras de telefonia móvel aqui no Brasil tem investido bastante em redes WiFi. O motivo é óbvio: oferecendo aos clientes uma rede de alta velocidade por meio desse tipo de conexão, a operadora economiza o espectro da rede celular, desafoga sua rede e consegue garantir uma melhor qualidade do serviço para os demais clientes. Cada operadora teve a sua estratégia nesse campo, e a da TIM incluiu firmar uma parceria com a operadora de pontos de acesso sem fio Linktel.

Para quem não conhece, a Linktel possui diversos hotspots no Brasil com direito a cobertura em aeroportos, shoppings, universidades e outros pontos de alta concentração de acesso. São mais de 1,5 mil pontos de acesso sem fio, sem contar no convênio com as parcerias da operadora em 130 países. Dessa forma, a TIM conseguiu uma grande cobertura WiFi no Brasil sem fazer muito esforço (ou desembolsar uma fortuna) para montar uma rede própria.

O funcionamento do serviço será idêntico ao praticado na rede WiFi própria da TIM: clientes dos planos Infinity Web (R$ 0,50 por dia para os planos pré-pagos) e Liberty Web (R$ 29,90 por mês para os planos pós-pagos) terão acesso ilimitado e sem custo adicional aos pontos de acesso da Linktel. As vantagens para o cliente são boas: ao utilizar a rede WiFi em vez do 3G, a velocidade provavelmente será maior, sem contar que o acesso não será contabilizado da franquia de uso mensal.

A TIM não é a única operadora que fechou parcerias estratégicas para ter uma boa cobertura WiFi. A Oi recentemente comprou a Vex, e a operadora fechou parcerias para levar o serviço para diversos países. A Claro e a Vivo também possuem suas redes WiFi, embora não façam muito alarde sobre o serviço.

Os clientes da TIM poderão acessar os pontos de acesso da Linktel a partir de setembro desse ano. Até lá eles deverão continuar sofrendo com usando o 3G da TIM, ou procurar um hotspot próprio da empresa.