Início » Arquivos » Celular » Fundador do Twitter apresenta 'Square', o sistema de pagamento por cartão via smartphone

Fundador do Twitter apresenta 'Square', o sistema de pagamento por cartão via smartphone

Por

square-signature-screen-assine-aqui_580px Jack Dorsey, co-fundador do Twitter, é um dos empreendedores por trás de um projeto que pode mudar a maneira como transações comerciais são fechadas. Assim como o PayPal foi uma revolução no e-commerce, o Square espera revolucionar a forma como se fecham transações presenciais com cartão de crédito, principalmente quando não há um ponto de venda fixo.

Clique para ver a imagem completa

O sistema consiste em um programa que é instalado em um smartphone conectado por wi-fi ou 3G e um pequeno leitor que se conecta ao celular pela saída de fone de ouvido. É nele que se passa o cartão a ser utilizado para a transação. Na própria tela do smartphone touchscreen o cliente assina a autorização ou digita sua senha e pronto, pagamento efetuado.

Por sua natureza multimídia, o Square ainda possibilita alguns recursos não disponíveis em transações normais com cartões, como mostrar instantaneamente ao vendedor uma foto do titular do cartão para verificar sua identidade e, logo que concluída a transação, enviar o recibo por e-mail ou MMS ao comprador. E não aquelas tirinhas de papel amarelo ou azul que estamos acostumados: trata-se de um recibo bem mais moderno e caprichado, com uma imagem que representa o estabelecimento, quantas compras foram feitas lá e até mesmo o local da compra indicado em um pequeno mapa. Confira a imagem abaixo:

Clique para ver o recibo completo.

Clique para ver o recibo completo.

Outro ponto importante do sistema é a segurança. Os dados são criptografados assim que são lidos e em nenhum momento são armazenados no smartphone.

Para finalizar, talvez a maior mudança de paradigma em relação ao sistema tradicional de cartões: assim como uma conta no PayPal pode ser criada por qualquer pessoa, física ou jurídica, o Square também pode ser usado por qualquer um para efetuar cobranças. E diferentemente do sistema tradicional, onde há contratos, taxas mensais, máquinas em comodato e outros entraves mais, no Square não haverá nada disso. Basta ter o smartphone, o leitor e pagar a comissão (ainda não definida).

Por enquanto o aplicativo do Square existe apenas para iPhone e iPod Touch, mas a empresa está contratando desenvolvedores para portar o aplicativo para Android e BlackBerry, então podemos esperar versões para essas plataformas em breve.

No vídeo abaixo vemos Jack Dorsey falando um pouco sobre o Square e, logo em seguida, uma demonstração de uma transação sendo realizada com ele (tudo em inglês).