A fabricante Olympus, quem diria, resolveu voltar ao ramo de óculos de realidade aumentada. A empresa, que apresentou um protótipo desse tipo de óculos pela primeira vez em meados de 2005, anunciou hoje no Japão o chamado MEG4.0. Pela imagem liberada pela empresa, ele parece ter uma quase microscópica tela que, garantem, vem com resolução de 320 x 240 pixels e bateria que tem autonomia para funcionar por até 8 horas.

Segundo a empresa, no MEG4.0 foram incluídas “tecnologias ópticas proprietárias” que fazem com que o a visão do ambiente seja maximizada (seja lá o que isso quer dizer). Sua tela tem um modo intermitente que se liga durante 15 segundos a cada 3 minutos e isso, segundo a empresa, faz com que a bateria tenha essa autonomia toda.

Os engenheiros da Olympus, no entanto, não fizeram questão de incluir uma câmera no óculos – mas eles lembraram de colocar um chip Bluetooth para conectar a smartphones e também um acelerômetro, que deve mostrar na tela itens na posição certa. O conjunto completo pesa apenas 30 gramas incluindo a bateria e não tem data para ser disponibilizado.

Vale lembrar que mesmo que o Google tenha desenvolvido um protótipo do seu Project Glass primeiro, a Apple foi a empresa que conseguiu registrar a patente de algo assim antes. E embora a patente cite que o óculos da Apple seria usado de forma mais fixa e menos focado na mobilidade, eu consigo ver potencial para mais uma briga judicial entre as empresas. E a Olympus pode acabar no meio.

Com informações: The Verge.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

@TatoGomes
Seriosamente? Sério? E sim, antes mesmo de ler o post, eu já havia pensado: "Cristo... Eu jamais usaria isso! Como é feio!".
Ramon Melo
Olha, eu sempre defendi que esse papinho de "aparelho tem que ter design bonito mimimi" uma verdadeira frescura. Mas se as empresas pretendem que as pessoas VISTAM produtos tecnológicos, elas precisam começar a investir em produtos menos ridículos. Eu não tenho problema com celular feio, tablet feio, notebook feio, porque tudo isso vai para o bolso ou para a mochila e não fica à mostra. Mas esse trambolho aí não vai para o meu rosto nem pensar!
Ramon Melo
Pelo contrário, como a distância é menor, a resolução precisa ser maior! O limite deve ter sido imposto pelo custo, pela duração da bateria e pelo tamanho da tela.
YanGM
Para mim SmartGlass tem que ter duas telas e duas câmeras... enquanto isso continuem investindo ai, fabricantes.
YanGM
THUMB UP!!!111!!!!!ONZE!
Guilherme Macedo C.
Espero que algum dia um desses sejam parecidos com do Dr. Brown :P http://resources0.news.com.au/images/2011/09/09/1226132/929308-back-to-the-future.jpg
William Nascimento
O design do óculos do Google me parece mais atraente. Mas essa tecnologia é nova e há muito o que melhorar. É algo fascinante para quem acompanha a tecnologia para o consumidor final há tempos.
marcus
a apple é tão sacana que nem tem produto mas já tem a patente. daqui a pouco eles vão patentear o caminhar para a frente e todos teremos que pagar para andar na rua.
Leonardo
é US$ 1500, e isso para desenvolvedores!
Welington Souza
Meio feinho... Mas para mim esses produtos ainda são apenas protótipos!
Rafael
mas esse nao é o valor final!
Fernando
R$1500 não é barato nem aqui nem na china, especialmente para um produto ainda em desenvolvimento. Portanto, não espere algo barato nessa área. []'s
Lucas Carvalho
Parece que o cara tá com uma escova de dente em cima da orelha
Dennis
You sir, won the internet.
Rezembrim
Não sei você, mas eu acho que ficaria um tantinho desagradável e desconfortável pros olhos uma resolução muito maior, com essa proximidade toda. Não esqueça, é um óculos...
Exibir mais comentários