Início » Arquivos » Celular » LG interrompe desenvolvimento de novos tablets

LG interrompe desenvolvimento de novos tablets

Fabricante vai focar em smartphones, uma categoria mais lucrativa.

Lucas Braga Por

A LG tomou uma decisão radical com relação a um de seus negócios. A fabricante informa que vai abandonar o desenvolvimento de novos tablets, nem que seja temporariamente. Diz a companhia que o foco agora está na produção de smartphones, uma categoria de produtos mais lucrativa.

LG Optimus Pad: abandonado e esquecido

O anúncio foi feito pelo porta-voz da empresa Ken Hong, ao Bloomberg: “Nós decidimos suspender todo o desenvolvimento de tablets por enquanto e focar na linha de smartphones”. Esse não é o primeiro anúncio de abandono de tecnologias pela LG. Agora em maio a fabricante anunciou que não tem planos para continuar a produção de smartphones com Windows Phone durante um bom tempo.

Tablets da LG não são algo fáceis de se ver. A coreana só possui o Optimus Pad, que sequer foi lançado no Brasil. Para uma medida desse porte, conclui-se que a fabricante não se deu bem no mercado de tablets. Isso é notável com o investimento em smartphones tela grande: o lançamento de sua tela de 5 polegadas com resolução Full HD era um dos indícios de que a LG concentraria seus esforços em smartphones.

Não sei ao certo se essa decisão irá beneficiar ou piorar a situação da empresa. Seria legal se a LG realmente concentrasse seus esforços em smartphones e realmente melhorar seus dispositivos. Só espero que a produção de tablets seja colocado em uma geladeira da LG – combinaria muito bem.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

André
O Kindle Fire não é bem um tablet, é um e-reader turbinado. A proposta dele nunca foi ser tablet, pq a Amazon não é estúpida de bater de frente com a Apple. O expertise da Amazon são livros e, agora, mídia audio-visual. Se colocar um jogo daqueles pesados (em nível de tablet), ele senta bonito.
André
Estava aqui me perguntando a mesma coisa.
Guilherme Macedo C.
Dura muito, mas o peso aumenta muito tbm. x86 ainda consome muito mais do que um ARM. Medfield ainda não está competitivo.
Andre
A Intel está investindo pesado no desempenho e autonomia de bateria nessa linha de produtos, que também nem cooler tem. Fique ligado nas novidades e se desprenda do que você sabia ontem.
Andre
Não exagera, eles tem hardware de ultrabook, você sabe quanto dura a bateria de um ultrabook?
Felipe Lima
E a Samsung vai dominar o mercado dos tablets Android. Se cuida Google Nexus!
Kessler
Justo, mas hoje praticamente só tem Android pra tentar competir com o iPad.
Guilherme Macedo C.
Não se trata de ser Android ou não. iPad é O tablet, é referência no mercado. O grande público não vê motivo em pagar o mesmo preço ou mais caro qdo se tem a referência do mercado. O que os empresários ainda não viram é isso. Preço alto não vai chamar consumo. Tablet da HP, por exemplo, que tinha WebOS, não vendeu nada qdo o preço era o mesmo do iPad. Qdo baixaram, as vendas foram astronômicas.
Guilherme Macedo C.
Por enqto x86 em tablets não é nada bom. Bateria de carro não é compatível com tablets.
Kessler
http://1.bp.blogspot.com/-Ce8gcw6c0yc/T3MVGD2RAZI/AAAAAAAABMY/DFV0uyojlvc/s1600/asians.jpg
@crgalli
E o ICS pro optimus 2x nada...
Kessler
Podem me jogar pedras, mas acho que Android só tem futuro em tablets mais baratos, como o sucesso do Kindle Fire prova. As pessoas simplesmente não veem motivos pra pagar o preço de um iPad em um tablet Android. Eu realmente espero que o Windows RT faça uma concorrência de verdade ao iPad.
@leossoliveira
A LG não consegue colocar diferencial nenhum nos seus produtos, nem em um Windows Phone que tem especificações padrão de hardware.
@mos_axz
Confundi... #sorry
Ramon Melo
Se não fosse por esse post, eu nem saberia que a LG lançou um tablet.
Exibir mais comentários