Início » Arquivos » Brasil » Sky e Sunrise também arrematam 4G no leilão da Anatel

Sky e Sunrise também arrematam 4G no leilão da Anatel

Saiba quem são e o que querem com o Brasil.

Lucas Braga Por

Essa semana ocorreu o leilão das frequências para o 4G. O evento ocorrido da sede da Anatel, em Brasília, trouxe os holofotes para os valores bilionários pagos pelas operadoras pelo 4G e para a chegada de duas estreantes desconhecidas nessa área. Sky e o grupo Sunrise adquiriram licenças da banda U (para banda larga fixa). Qual é o interesse das duas empresas no Brasil? Descubra agora.

Sunrise

Sunrise: proprietária da SuperTV

A Sunrise já atua a algum tempo no Brasil como operadora de TV por Assinatura, a SuperTV. Com seu mercado consolidado em algumas cidades do interior de São Paulo, sobretudo entre os DDDs 12 e 19, a operadora é de propriedade do 22º homem mais rico do mundo, o húngaro-americano George Soros.

Ninguém sabe ao certo qual a estratégia da Sunrise, que já tem direito a operar em 4G por causa de sua licença de MMDS. A operadora só levou duas licenças, ambas com 10MHz+10MHz de espectro. Entretanto, a licença só pode atuar como operadora de banda larga fixa.

Vale lembrar que, até o momento, nenhum grupo ou empresário americano soube lidar com o mercado de telecom brasileira. Basta lembrar da Aeiou, do grupo Unicel, que fechou suas portas com menos de dois anos de operação.

Sky

Apesar de quase não divulgar, a Sky, operadora de TV por assinatura, já possui no Brasil operações em 4G LTE. Também na frequência de 2,5 GHz, a operadora comercializa seu serviço de banda larga fixa no Distrito Federal.

O serviço atualmente comercializado pela Sky é bem caro. A banda larga só possui velocidades de 2 Mbps e 4 Mbps, ao custo de R$ 79,90 e R$ 99,90, respectivamente. Em tempos onde é possível assinar uma conexão ADSL de 10 Mbps por menos de R$ 100, os preços da Sky Banda Larga não são nada acessíveis.

Entretanto, a operadora tem um trunfo. A Sky já planejava suas novas operações em LTE há algum tempo, e para isso foi bem estratégica ao sair com o carrinho de compras. A empresa adquiriu a ITSA e a ACOM, controladoras da antiga Mais TV e JET. As duas operadoras mantinham operações em mais de 40 cidades.

Com as novas licenças, a operadora planeja expandir seus serviços para outras cidades. Entretanto, o grupo Sky comprou poucas licenças: foram apenas 12 lotes, desembolsando R$ 90 milhões pelo direito de operação.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Turdin
Bem, nada mais justo as empresas serem beneficiadas se estão cumprindo tudo direito, Anatel tem que pegar no pé mesmo dessas empresas tentando oferecer serviços porcos.
YanGM
Então funciona de boa na casa dos vizinhos, etc. Não dá para usar em outro estado mas pelo menos é uma maneira de burlar o "Fixo".
@ajscaldas
Funciona igual o livre da embratel, se você levar ele para outro lugar ele não funciona (se mudar a ERB )
YanGM
O modem deles tem GPS? Se não tiver, e se eu assinasse um plano desses, eu iria levar para qualquer tomada fora de casa.
David Diniz
Estava lendo no teleco que a Claro e Vivo compraram os melhores lotes(20+20) pois atigiram as metas de colocar 3G em cidades de até 200mil habitantes no prazo e a TIM e a Oi tiveram que se contentar com o 10+10 por não ter atingindo as metas. Após isso a Claro e vivo sairam a francesa e deixaram as outras disputando no tapa o resto. para quem quiser ler mais a respeito http://www.teleco.com.br/4g_freq.asp
David
Estava lendo no Teleco que tanto a Sunrise quanto a SKY só podem oferecer Banda Larga FIXA por que compraram o Lote "P". Outra curiosidade é que a Claro e a VIVO foram "Priveligiada"(Um "Bônus") por terem cumprido a meta de colocar 3G em cidades com mais de 200mil Habitantes ai as 2 compraram os melhores lotes( 20+20Mhz) do Leilão já a TIM(faltava 3 municípios/200mil) e a Oi(24 municípios/200mil) tiveram que se contentar com o 10+10. Tanto é que logo após a compra dos melhores lotes a claro e a vivo se mandaram "a francesa" e deixaram as outras disputando na porrada a rapa do tacho... http://www.teleco.com.br/4g_freq.asp para quem quiser ler ta ae.
Lucas Braga
A diferença é que seu serviço é de banda larga móvel. Apesar do LTE ser uma tecnologia "celular", a Sky vende o serviço como banda larga fixa. Não tem minimodem e nem tem como levar o modem pra outro lugar :)
@rodrigorsena
@Supervitoso E verdade, mas eu citei o exemplo da oi, a Net so fez o upgrade (que foi do dia pra noite, por que eles diziam que so podiam oferecer até 1MB, e do dia pra noite falaram que podiam oferecer os planos de 10, 20, 50 e 100 MB) depois que a oi obrigada pelo governo colocou net de 5 MB em manaus
Felipe Silva
"O serviço atualmente comercializado pela Sky é bem caro. A banda larga só possui velocidades de 2 Mbps e 4 Mbps, ao custo de R$ 79,90 e R$ 99,90, respectivamente." Caro? eu pago 90 e alguma coisa na Claro pra 1 Mbps ._. vei na boa, abraçaria um plano desses.
@supervitoso
Rodrigo, que eu saiba a NET ja disponibiliza internet de 10 megas ai em Manaus.
@ajscaldas
“Em tempos onde é possível assinar uma conexão ADSL de 10 Mbps por menos de R$ 100? Só tem um porém o alcançe do 4G LTE é bem maior que do ADSL, é quase como comparar uma conexão móvel com a fixa.
@dayrells
"Em tempos onde é possível assinar uma conexão ADSL de 10 Mbps por menos de R$ 100" Eu pago 79 reais por 15MB.
@rodrigorsena
Acho que sim kkkkkkkkkkkk
Diego Duarte
Aquela que for mais boicotada, e o submisso não aceitar o assalto, serve =)?
Diego Duarte
Sinceramente, a SKY só começou a operar em Brasólia após a compra da ITSA, e ficou assim por quase 1 ano. Provavelmente estavam aguardando o fim do leilão para verem o que iriam fazer... Lembre-se tambem que a Sky ganhou um atenuante da ANATEL, permitindo que ela use o poder de decisão proprio para compra das operações MMDS da NET e da Vivo (e de pquenas operadoras espalhadas), caso assim ela deseje, haja vista que a licença da maioria ja está no deadline, inclusive!
Exibir mais comentários