Início » Arquivos » Internet » Twitter testará contas pagas a partir de janeiro no Japão [desmentido]

Twitter testará contas pagas a partir de janeiro no Japão [desmentido]

Avatar Por

O Twitter irá começar a testar um sistema de contas premium pagas através de sua subsidiária japonesa, a Twicco (que sempre foi meio independente do resto da empresa). Futuramente esse modelo poderia ser adaptado para o resto do mundo.

twicco

O Twitter, no Japão, irá adicionar a modalidade de contas pagas a partir de janeiro de 2010. Os proprietários dessas contas poderiam cobrar de sua audiência para liberar o acesso aos seus tweets, texto extra, imagens, links, etc. Os donos das contas premium pagariam entre ¥100 (R$2) e ¥1.000 (R$20) para cobrar por seu conteúdo e os demais usuários o comprariam através de cartões de crédito ou cartões pré-pagos vendidos em lojas de conveniência. O Twitter, no melhor estilo Apple, ficará com 30% do dinheiro movimentado com essa venda de conteúdo.

Duvida? Então veja com seus próprios olhos o que está dizendo a mídia japonesa. [TechCrunch]

[Atualizado dia 28/11 às 15h00] Ops, parece que tudo foi um mal-entendido, alega o Twitter. A Digital Garage, representante do Twitter no Japão acaba de se manifestar, fazendo questão de clarificar que o Twitter continuará gratuito e que uma apresentação de sua subsidiária Digital Garage Mobile foi mal-interpretada.

Acontece que a tal apresentação não foi feita por um estagiário da empresa ou algo assim, ela foi feita por Kenichi Sugi, Diretor de Operações da Digital Garage Mobile. Mas segundo a empresa, o fato de um diretor da sua subsidiária citar até mesmo o prazo de implantação e os preços das contas premium não passou mesmo de um mal-entendido.

Ok, Twitter, você pode até ter abortado os planos em face às críticas, ou admitir que eles foram a público antes da decisão final de implementação, mas não tente nos convencer que o plano nunca existiu e que o Diretor de Operações de sua parceira inventou isso sozinho. [TechCrunch]

Comentários

Envie uma pergunta