Início » Arquivos » Aplicativos e Software » Mozilla lança Firefox 13 com novidades importantes

Mozilla lança Firefox 13 com novidades importantes

Nova versão tem página inicial redesenhada, botão de reset e protocolo SPDY.

Paulo Higa Por

Desde que a Mozilla adotou um ciclo de atualizações rápidas no Firefox, ficou difícil encontrar novidades visíveis em atualizações. Antigamente, o lançamento de uma nova versão era muito esperada e comemorada com bolo da Microsoft, mas as últimas versões têm passado até despercebidas da mídia. Felizmente, o Firefox 13 quebrou essa tradição e traz novas funcionalidades para o usuário final.

A mudança mais visível é, certamente, a nova página inicial do Firefox. Além da caixa de busca tradicional, há uma barra inferior nova, com ícones que levam ao gerenciador de downloads, favoritos, histórico de sites visitados, gerenciador de extensões e temas, assistente de sincronização e janela de opções do navegador. Também temos um botão gigante que carrega as abas abertas na sessão anterior.

Nova página inicial do Firefox 13.

Ao clicar no botão de restaurar sessão anterior, todas as abas aparecem na parte superior da janela, mas elas não foram carregadas de verdade. Isso porque o Firefox vem com um recurso, ativado por padrão, chamado de Tabs on Demand. Assim, mesmo que você abra várias abas ao mesmo tempo, o conteúdo será carregado somente quando você clicar na aba. Isso poupa memória e ainda agiliza a velocidade de inicialização do navegador.

Ao abrir uma nova aba, outra novidade: miniaturas dos sites mais visitados. O recurso começou com o Opera, chegou ao Google Chrome e agora também está presente no panda-vermelho. O Firefox preenche automaticamente os retângulos com os sites mais visitados, mas também é possível fixá-los permanentemente ou remover páginas indesejadas – de qualquer forma, é sempre melhor acessar sites proibidos pelo modo privado.

Miniaturas dos sites mais visitados.

Uma novidade que apareceu no about:support e deve poupar fios de cabelo é o botão Restaurar o Firefox. Se o navegador estiver estranhamente lento ou você simplesmente quiser começar tudo de novo, basta um clique para zerar todas as configurações e carregar somente dados importantes, como senhas memorizadas e favoritos. Não precisa mais reinstalar o navegador, nem criar outro perfil.

Deu pau? Restaura que resolve.

Outras pequenas alterações foram realizadas: o Firefox 13 agora suporta oficialmente o protocolo SPDY e deverá carregar mais rapidamente os sites que fazem uso dessa tecnologia (principalmente os serviços do Google, como Gmail e Google Drive). A Mozilla também incluiu a rolagem suave de páginas, que torna a navegação um pouquinho mais agradável.

A Mozilla deve anunciar oficialmente o Firefox 13 apenas amanhã, mas o download em português do Brasil já está disponível para Windows, Linux 32 bits, Linux 64 bits e Mac OS X. Se você não tem tanta pressa, aguarde que o navegador será atualizado automaticamente em algumas horas.

Com informações: BetaNews.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

luis fernando
Nossa, a versão 13 veio para restabelecer o uso do FF. Passsei o dia todo testando e usando e simplemente foi perfeito. Consumo de memoria reduzido drasticmente, sem falar que quando se fecha uma ABA a memória é liberada. Acabaram os problemas da digitação nos blogs, onde o teclado simplesmente travava. Voltei a usa-lo. tinha ido para o OPERA.
araujo_abner
A unica coisa que acho ruim no Chrome é o fato de ter que ficar com o navegador aberto enquanto está fazendo um download.
Kantaro
Essa era a novidade anunciada pra versão 7. =/
Fábio Lima
Realmente a versão 13 do Firefox melhorou muito. :)
Caio Everton
O Gabriel falou bem, não dá pra generalizar porque há muitas variáveis. Também fico com o FF aberto o dia todo, também uso muitas extensões e deixo várias abas abertas, só que aqui ele trava(va, no 13 ainda não aconteceu) umas 2 vezes por dia, sem contar aquelas travadinhas menores quando o consumo começa a subir. Acho que as configurações podem influir, quais extensões estão sendo usadas também. Você disse que o x64 usa memória melhor que o x86, e talvez seja um bom começo pra explicar, já que aqui é x86. Enfim, cada caso é um caso. Não acho que o pessoal que reclama do consumo esteja exagerando porque eu vivi isso até ontem, quando saiu o v13. Espero mesmo que ele continue "controlado" daqui em diante porque não é legal o que estava acontecendo.
Caio Everton
A maior mudança pra mim é o consumo menor de memória, que vinha me irritando a ponto de usar o Chrome em muitos momentos, como ver vídeos ou acessar sites com muito conteúdo em flash. E claro, depois das travadas aparentemente sem razão, que me deixava putos demais pra usar novamente o FF. Aqui o consumo ficava na média de 800k, e normalmente travava depois de uns 1200k. A navegação era ruim, dando travadinhas no scroll, na mudança de aba, no carregamento de páginas, e travadas monumentais em sites com muita imagem, conteúdo em flash, vídeos, etc. Uma tristeza. Mesmo o Chrome faltando MUITOS dos complementos que acho importante do Firefox, tava até pensando em migrar. Felizmente a atualização veio rápida e "corrigiu" os possíveis problemas. Desde ontem o consumo não passou dos 500k e não travou nenhuma vez, apesar do carregamento inicial continuar meio demorado, o que é aceitável dado o que acontecia antes.
Guilherme Macedo C.
Não existe problema de gerenciamento na versão 13. Vc usa o dia inteiro e ele volta pra próximo do consumo inicial.
Guilherme Macedo C.
Provo: http://ubuntuone.com/p/17sF/
Guilherme Macedo C.
Versão 13 nem problemas com administração ele tem. Vc usa o dia inteiro e ele volta pra próximo do consumo inicial.
Marcelo Carvalho
Abandonando o Chrome, obrigado Mozilla.
Marcelo Carvalho
Ainda bem que aqui não tenho mais esses problemas, pude me livrar do Chrome!
Ultimate
Somos 2
Kessler
Essa eu não conhecia. Vou testar.
Kessler
Só que o Firefox fecha as abas não-privativas já abertas, o Chrome não. Dã!²
Kessler
O problema do Firefox é não devolver corretamente a memória das abas já abertas. Aqui já chegou a 1GB de ram sem chegar nem perto de 200 abas abertas. Fora que o Chrome responde muito melhor, com meia dúzia de abas abertas o Firefox começa a ficar lerdo e demorando pra fechar a abrir novas abas.
Exibir mais comentários