Sem mais nem menos, o Google decidiu renovar a interface dos aplicativos móveis da sua muito utilizada rede social Google+. Por incrível que pareça, o iOS foi agraciado com a atualização antes do seu queridinho Android, que sempre tem preferência no lançamento de aplicativos do gigante das buscas. Agora, a atualização chegou ao robô verde trazendo várias novidades no design do aplicativo.

O novo Google+ prioriza a imagem ao texto, e traz ao usuário uma experiência mais gráfica, como no Flipboard. A tipografia foi modificada, deixando a leitura bem mais suave e agradável. Confira as imagens:

Apesar de a mudança ser radical, o aplicativo do Android não é idêntico ao do iPhone. Os ícones continuam em uma barra superior, e alguns gestos foram mantidos, como o de deslizar para mudar os feeds. A interface dos Hangouts apresentou uma ligeira mudança na hora de convidar os amigos para bater papo, exibindo suas fotos de contato e facilitando a localização.

O aplicativo já está disponível para a atualização no Google Play. Entretanto, não serão todos os donos de smartphones Android que poderão desfrutar da nova versão: a página do aplicativo na loja indica que as versões dos aplicativos podem variar de acordo com a versão do Android instalada. É uma pena, mas é o preço que se paga pela “diferenciação”, defendida por Eric Schmidt.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Rafael
Muito poluído, vejam vários números espalhados na tela, botões, partes pretas e partes brancas sem linhas definindo nada... Enfim, não uso nem se me pagarem.
Rafael
Mas ninguém vê nem se importa. :)
Mateus
Interessante, porém, o Google caiu na própria armadilha que criou. Estou tendo sérios problemas de desenvolvimento com comportamentos distintos entre APIs de um aparelho para outro! No emulador funciona perfeito, no device 1 funciona e no 2 não funciona. Ter que fazer build por versão de S.O. e aparelho é LAMENTÁVEL. Google, parece que você não é tudo aquilo que dizem sobre você. A arquitetura do Android é muito mal elaborada!
Valerio
Continua sendo o android! Nos EUA o android tem mais de 50% do mercado... Lá a maioria das pessoas nem compra essas "tanqueiras" vendidas por aqui, além do mais iphone 3G lá sai de graça!
@kadugaspar
É uma rede social bem legal, principalmente depois desta atualização na interface. De vez em quando eu apareço por lá, mas claro que não tanto quanto estou no Twitter ou Facebook.
@kadugaspar
De qualquer forma o usuário é avisado de que não pode instalar os apps incompatíveis. Eu sei que pode ser frustrante, mas as pessoas tem que entender que se elas compraram um celular que não é de topo elas terão limitações. Não acho que seria interessante criar outra loja só para celulares topo de linha.
@flarub
Também estava esperando a grande surpresa.... fala sério...
@jvliuscaesar
Separa os tais "androids" de primeira linha dos "ralés" e aí faz uma comparação de market share com o iOS e ve quem vai ficar disparado na frente......
Gaius Baltar
Mas quem usa o Play no PC isso não acontece.
Breno Caldeira
Cara, isto já é realidade há muitos e muitos anos. Quando vc navega no market pelo seu celular, só é possível visualizar apps que vc possa instalar.
Gaius Baltar
Pois é Thiago, Só que hoje há uma liberdade virtual, pois na prática os aparelhos de média e baixa gama acabam por limitar o potencial dos de topo. Acaba ficando todo mundo desatualizado. Não dá para tratar um aparelho que custa R$ 2000 pelo mesmo prisma de um que custa R$ 600. Eu ficaria muito contente se o meu Galaxy Ace recebesse uma atualização de segurança para corrigir bugs e problemas de desempenho, mesmo que não recebesse ICS. Da maneira como a Google faz as coisas não recebo nem o ICS, nem atualização nem nada!
developer
Referente a parte de apps, isso é possível. Quando você esta desenvolvendo o aplicativo, você pode filtrar vários fatores, dentre eles hardware (se tem gps, requerimentos mínimos de hardware e software etc). Porém isto fica a cargo do desenvolvedor (evidente). Mas nada impede ele de fazer algum app que requeira muito hardware, e colocar especificações baixas, isso acarretaria que não rodará em smartphones de baixo custo, mas como a especificação mínima é o desenvolvedor quem dita, é ele que tem precisa saber, pois o app é dele.
Rafael Machado de Souza
eu uso. sempre procuro clicar no botãzinho G+ pra compartilahr publicamente as noticias
Fabio
Sim, dos Estados Unidos ao Japão, se você não percebeu.
Arthur Amorim
Alguem usa Google+???
Exibir mais comentários