A empresa de anúncios em plataformas móveis AdMob — recentemente adquirida pelo Google — revelou em recente pesquisa que 50% de todo o tráfego de dados gerado pelo uso da internet em dispositivos móveis no mundo vem da plataforma iPhone OS, que equipa tanto os iPhones quanto os iPods Touch. No mês anterior, a plataforma da Apple representava 43% do tráfego de dados. Já o Symbian caiu de 29% para 25%, o Android subiu de 10% para 11%, o BlackBerry caiu de 8% para 7% e o Windows Mobile foi dos 5% aos 3% em relação ao mesmo período.

Os números do iPhone se tornam mais impressionantes quando colocados lado a lado com o market share de cada plataforma. Mesmo sendo responsável por apenas 18% das unidades vendidas o iPhone consegue ser o líder absoluto em troca de dados pela internet. Como comparação, os aparelhos com Symbian, somando-se aos BlackBerries, possuem juntos ⅔ do mercado, e mesmo assim não chegam a ⅓ dos dados transferidos. Veja a tabela e os gráficos montados pelo site Apple Insider:

Pode-se inferir da pesquisa que os proprietários de iPhone ou utilizam a internet muito mais que os demais, ou baixam conteúdo bem mais rico (imagens, vídeos, etc), mas é provável que ocorra uma combinação dos dois. Isso é até bastante natural, visto que foi o iPhone que revolucionou a indústria o apresentar a internet em seu formato original em um dispositivo móvel, promovendo pela primeira vez uma experiência similar à do desktop em um aparelho celular. Depois disso os concorrentes se reformularam para se enquadrarem no novo paradigma, mas a dianteira do iPhone continua fazendo a diferença até hoje.