Ao longo dos anos a Microsoft foi deixando o Windows cada vez mais seguro e isso é bem demonstrado no Windows 8. Essa versão amplia a adoção do ASLR e o Windows Defender já vem embutido, bem como o filtro SmartScreen do Internet Explorer. Agora uma nova funcionalidade de segurança foi demonstrada no blog oficial de criação do Windows 8 e ela não deve agradar os filhos mais novos que terão computadores com o sistema.

Trata-se do Family Safety. É uma opção que ativa relatórios semanais para uma determinada conta no Windows 8, se ela for marcada como uma conta que será usada por uma criança. Quando ligado, esse funcionalidade automaticamente gera relatórios semanais contendo sites que mais foram acessados, programas que mais foram abertos e até buscas realizadas, e os envia para o email do administrador do computador.

Também existem há a opção de limitar a quantidade de horas que aquela conta pode ficar online, além de ter uma ferramenta de filtros de sites adultos. O Windows 8 Release Preview, agendado para ser liberado na primeira semana de junho, vai vir com essa ferramenta instalada mas o vídeo de demonstração logo abaixo deve dar uma ideia de como ela deve funcionar.


(Vídeo no YouTube)

Pessoalmente, acho muito boa a ideia da Microsoft de ajudar aos pais oferecendo essa opção de monitoramento embutida no sistema. Embora também ache que não é um papel do sistema operacional fazer esse tipo de controle e sim dos próprios pais ou responsáveis, independente do computador.

Mas não posso deixar de lembrar de uma situação parecida no passado, quando as fabricantes de antivírus não ficaram muito felizes com a criação do Microsoft Security Essentials. Agora eu imagino que empresas criadoras de filtro de monitoramento para crianças também devem se unir ao grupo dos descontentes.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

ricardo
Não sei por que você diz que as crianças norte-americanas são loucas. Há crianças desse tipo em qualquer lugar do mundo, inclusive no Brasil, e isso é geralmente consequência de uma educação deficiente dentro de casa, ou seja, de pais ausentes.
YanGM
No caso não é só jogar um computador com filtro na mão da criança, tem que ensinar a ela como tirar informação útil dele. Do que adianta não acessar sites pornográficos mas ficar o dia inteiro vegetando no facebook? Tem que ensinar a não pegar vírus, etc.
Ze Buscape
@Fabio: Concordo plenamente com você.
Ze Buscape
Por isso o Brasil está essa bagunça que vemos hoje... tsc tsc
Luandersonn
Só pelo Administrador.
Ze Buscape
Linux é melhor, especialmente, Ubuntu. :D
paulorazia
nada a ver, meu pai e minha mãe nunca me bateram e nem me proibiram de nada.... E não me torne marginal, usuário de drogas, ladrão ou algo do tipo! Sempre fui um dos melhores alunos e tudo! Acho que a conversa resolve mais que uma "peia".
Fer
Parabéns, sério! Estava me surgindo um ódio por causa do comentário dessa criatura...
Júlio Netto
Ainda bem que o Windows 8 não veio em meados de 2002 :D
rods
Esse recurso só vai servir pros próprios filhos saberem o que os pais aprontam de madrugada na internet enquanto eles estão na balada kkkkk E quanto aos pais "espertinhos"... sabiam que seus filhos sabem até criar servidor linux no próprio pc? acha que será difícil seus filhos "burlar" esse monitoramento do windows? Pena de vcs pais controladores. DIÁLOGO e EDUCAÇÃO isso sim resolve. Repreensão? Basta estudar um pouco de história pra saber que esse não é o caminho! see you later alligator!
Breno Caldeira
Para os filhos rebeldes from the hell \,,/, há sempre um format c e socar um Win7 ou Linux :D
@LBKatan
Eita povo bobo.
Daniel Lobo
Tenho filhos, 1 menina de 3 anos e 1 menino de 9 anos. Deixo o meu filho a vontade, porque ele está em fase de descoberta, porém no PC dele tem instalado um VNC em que eu posso dá uma espiadinha de vez em quando, mas nunca vejo nada demais, só jogos no Facebook e Games. Porém não vou ser tão severo em proibir tudo. Ele precisa descobrir muitas coisas, inclusive no campo da sexualidade, desde que seja de forma natural e compatível com a idade. As vezes ele me pergunta certas coisas, mas percebo que ele ainda é mais inocente do que eu quando tinha a idade dele. Porém não sei se vou ser tão aberto com minha filha, porque o risco é maior, em casos de aliciamento por adultos se fingindo serem crianças compatíveis com a idade dela. Mas também não quero ser severo também, porque é como dizem, "prender é pior". Bom, criar filhos sempre foi complicado em todas as épocas e isso não é de hoje, só porque existe internet.
Kadu
Este é um tipo de monitoramento exagerado sim, mas é uma opção. Cabe aos pais terem o bom senso de saber se é necessário mesmo monitorar cada busca que o filho faz na internet e cabe ao sistema de monitoramento do Windows dar aos pais a opção de um monitoramento mais brando, como por exemplo registrando apenas os horários que o filho fica na internet enquanto os pais estão no trabalho. Meus pais nunca monitoraram o que eu faço na internet e, bem, me sai bem. Mas cada caso é um caso então a discussão é meio vaga.
Sr. Sem Papo
Todo mundo aqui pensando nos pais, eu estou pensando nos craker, vai ficar bem mais facil ser monitorado.
Exibir mais comentários