Início » Arquivos » Celular » Apple muda nome do Novo iPad 4G em alguns países

Apple muda nome do Novo iPad 4G em alguns países

Por

Uma das grandes novidades da terceira geração do iPad é a conectividade 4G. Entretanto, o padrão LTE está bem longe de ser um padrão e o recurso não funciona nas redes fora da América do Norte. Isso causou sérios problemas na Austrália, onde a empresa inclusive devolveu o dinheiro dos clientes que se sentiram enganados. Para evitar novas encrencas, a Apple decidiu remover o “4G” do nome do iPad com conexão móvel.

Em alguns países, como Estados Unidos, Reino Unido, Tailândia, Singapura e Austrália, o iPad com Wi-Fi + 4G começou a ser vendido apenas como Wi-Fi + Cellular, indicando que o modelo possui suporte a conexão de dados por redes de telefonia móvel. Os preços, claro, continuam os mesmos. Mesmo os habitantes de países que possuírem frequência 4G diferente da especificada do novo iPad – isto é, todos que não morem nos Estados Unidos ou Canadá – ainda é possível acessar a rede HSPA+.

Mudou de nome, mas no Brasil continua a mesma coisa.

Na Austrália, a empresa de Cupertino fez questão de incluir uma mensagem na página oficial:

Este produto suporta redes de dados móveis extremamente rápidas. Ele não é compatível com as atuais redes 4G LTE australianas, nem redes WiMAX. Para obter acesso a internet através de uma operadora, contrate um plano mensal para o seu iPad e cancele a qualquer momento, sem cobrança de multa.

A Apple Store do Brasil e as lojas de varejo ainda vendem o dispositivo como Wi-Fi + 4G, mas isso deve mudar em breve, já que o LTE do iPad está adaptado para funcionar com frequências de 700 e 2100 MHz, enquanto que no Brasil essas faixas são utilizadas pela TV analógica e pelas redes 3G, como explicamos anteriormente num artigo. Pelo menos é o que esperamos.

Atualização às 9h50, 18/05 | A Apple Brasil também adotou a mudança e agora o iPad Wi-Fi + 4G é vendido como Wi-Fi + Cellular (ainda que isso possa causar alguma confusão):

Só "Wi-Fi + Cellular" (mas não faz ligações).

Com informações: CNET.