Início » Arquivos » Aplicativos e Software » Ubuntu para Android aparece em novo vídeo, rodando no Motorola Atrix 2

Ubuntu para Android aparece em novo vídeo, rodando no Motorola Atrix 2

Avatar Por

Anunciado no começo do ano e com previsão para lançamento ainda esse ano, o projeto Ubuntu para Android já vai aparecendo em novos vídeos de demonstração e com uma performance que chama a atenção. O projeto aproveita o fato do Android usar o Kernel do Linux e o hardware cada vez mais poderoso dos smartphones para executar o Ubuntu direto do aparelho. Você pluga seu telefone em um dock ligado a um monitor, teclado e mouse (esses dois últimos opcionais) e voilá!

Dois aspectos interessantes dessa fusão de sistemas operacionais é que, mesmo rodando no kernel do Android, o Ubuntu não perde nenhuma das funções básicas de um sistema desktop (na verdade ele ganha, já que é possível usar as funções e aplicativos do telefone no Ubuntu) e até o momento nos vídeos de demonstração ele não mostrou nenhuma perda de performance significativa, mesmo abrindo aplicativos pesados.


(Vídeo do YouTube)

No vídeo acima vemos o Ubuntu rodando em Motorola Atrix 2 e abrindo o LibreOffice (um programa pesado mesmo em máquinas com hardware decente) sem nenhum engasgo ou lag. Dá para imaginar o que seria possível com novos aparelhos, como o Galaxy S III.

Ainda não há previsão para lançamento de produtos com o Ubuntu para Android, e nem mesmo pacotes para que desenvolvedores possam testar, mas a Canonical promete que teremos aparelhos com essa tecnologia até o final do ano. Resta esperar.

Com Informações: OMG! Ubuntu!

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Yangm
Ramon, se isso acontecer... TODOS COMEMORA. Os jogos antigos não entendem que a placa de vídeo da intel é uma... placa de vídeo, isso sem falar que a intel não tem experiência nenhuma nessa área, só fez caquinha até hoje. Se a AMD realmente conseguir isso, eu vou aplaudir de pé. Eles sabem o que estão fazendo.
Ramon Melo
OBS: A placa de vídeo integrada das APUs da AMD rodam 99% dos jogos (talvez penem no BF3 e Metro 2033). Elas também suportam aceleração por hardware e devem decodificar vídeo estereoscópico também. Se a AMD conseguir miniaturizar ainda mais o chip, é capaz dela dominar o mercado que a Intel criou.
Yangm
Windows < 8 não foi feito para portáteis. E o Windows 8 não anda focando muito no touchpad. Macbook é uma ótima escolha de notebook, porém custa muito mais caro do que deveria. Apesar que estão começando a olhar para o OSX como plataforma de jogos (finalmente), então o hardware foda para rodar bootcamp com windows não será tão necessário. Continuo com o mesmo conceito até hoje: Linux (no servidor, celular, roteador, etc), Windows (naquele desktop foderosamente foda, para jogos), OSX (em um macbook), Chrome OS (Naquele netbook bem pequeno).
Gabriel
@Yangm É, faz sentido minimamente ser pior que quase. Espero que esses preços sejam o mínimo possível mesmo, porque é um cúmulo essas empresas terem dificuldades em vender um produto mais barato que um MacBook Air. Esse Samsung que eu citei é mais barato, mas vem sem SSD também, apenas um cache de 16Gb. Se for para comprar um parecido pelo mesmo preço, melhor um Air que dá para usar OS X, Windows e Linux. Fora que nunca usei um trackpad que chegasse perto dos da Apple.
Yangm
Perceba que minimamente é menos que quase. Pelo menos onde eu moro. O problema é "Ultrabook" com intel sendo vendido a preço de ouro. A única parte que anda ganhando nesse esquemas é as fabricantes, e isso não tem como negar.
Gabriel
@Yangm Eu falei que é quase decente, não que é decente. Roda alguns jogos, não roda muitos. A questão é que a Apple utilizava placas nVidia em seus ultraportáteis porque os lixos da Intel não conseguiam nem rodar softwares básicos mais pesados e recursos de interface. Acho que as 945g nem rodavam vídeos em Full HD. Hoje não se precisa mais disso, uma Intel já serve para o intuito que é ter um notebook ultraportátil. Não existe necessidades de existir um ultrabook com placa melhor, a não ser que você aceite pagar bem mais caro, o que foge do propósito original dos ultrabooks existirem. Vocês decidem se vale a pena carregar 500g a mais para ter uma placa decente, se reclamar de 2Kg é coisa de fresco, se isso é marketing,mas fato é que a Intel atende a proposta de ultrabook.
Yangm
Sem querer ofender, mas dizer que essa placa de vídeo é minimamente decente é um atentado violento ao pudor. Ok, roda The Sims 3 no full (pegando fogo mas roda), mas um simples GTA IV não roda direito nem no very low? Nem me venham falar de jogo bem escrito vs. jogo mal escrito pois uma offboard qualquer hoje em dia dá conta do recado.
Ramon Melo
A HD3000 é fraca. Pode ser competente para as tarefas mais diárias, mas ela não dá conta de aceleração por hardware, não decodifica vídeo em 3D e já existem jogos que ela não roda nem no very low. Talvez a HD4000 resolva isso, mas eu preciso esperar sair um modelo aqui no Brasil para testar. Exatamente por causa desses notebooks leves é que os ultrabooks não valem a pena. Se eu posso ter um note completo de 2kg, por que eu - consumidor em geral - quereria um brinquedo caro de 1,5kg?
Patrik
Mas compilar um programa Linux para ARM é simples. Para Windows praticamente será outro programa. Eu quis explicar de forma simples, já que o cara tava confundindo o Ubuntu para smartphones com Live CD.
Gabriel Arruda
Duvido que um dia vá aparecer, a HD3000 já é quase decente e o Ivy Bridge está prometendo melhorar bastante na GPU que vem integrada. Esses ultrabooks não tem espaço para outra placa ou irão sair pelo preço do Vaio Z. Pelo menos, alguns notebooks de 15' estão saindo com um peso decente de 2kg e placa de vídeo dedicada. O Chronos da Samsung é legal, mas acho que faltou "timing" da Samsung lançar esses notebooks agora, daqui a pouco sai Ivy Bridge e ficará atrás da concorrência novamente.
Ramon Melo
Eu não vejo o futuro assim. Para mim, a solução perfeita seria uma dock integrada com mouse e teclado sem fio (Bluetooth) e um projetor com resolução razoável (mínimo de 1280x800) sincronizado ao aparelho por wifi. Pronto, passo a ter um desktop portátil pesando menos de 500 gramas, só preciso ligar um único cabo (o de energia) e só o que eu vou precisar vai ser colocar o aparelho sobre a dock, ele vai sincronizar tudo sozinho (NFC). A tecnologia para tudo isso já existe, só falta integrá-la num único produto. É possível que ele surja ainda em 2012, embora eu duvide. De qualquer forma, mouse Bluetooth + teclado Bluetooth + Ubuntu for Android + Galaxy Beam = SO MUCH WIN. Espero que a Samsung consiga popularizar essa tecnologia de projeção, faz tempo que eu estou querendo jogar Super Smash Bros. multiplayer em qualquer lugar que eu vá. :D
Ramon Melo
Eu compartilho da mesma opinião, especialmente em relação ao Macbook Air popular que a Samsung acabou de lançar. Podem me chamar de fresco, se quiserem, mas computador de R$2000+ sem placa de vídeo dedicada não deveria se chamar ultrabook e sim lixobook.
Ramon Melo
Está para sair VMWare para Android, serve?
Forbidden_404
Olha, vou falar o que eu acho dele... O principal é... rodando o Gingerbread, ele se salva por causa das especificações... por mais que eu goste muito dele, ache ele rapido pra várias coisas, ele fica muitas vezes travando e tudo mais... a bateria é inconstante, as vezes gasta muita bateria, outras não gasta nada... O visor dele é muito legal e a camera eu achei muito boa, costumo usar de dia então não sei de noite. O problema mesmo É a Motorola, sabe? Por que alguns jogos tem leves travadas, devido a ROM, os problemas são resolvidos em updates, na Europa com o 2.3.6 ele melhorou isso... Eu acho que ele tem MUITO potencial pra quando receber o ICS, o design dele é foda, eu pensei que não ia me acostumar por ele ser muito grande, mas compensa sendo fino, cabe direitinho no bolso, mal faz volume e é fácil de manejar nele. E a Motorola deu como prazo final até o mês que vem pra começar a soltar as atualizações, nos EUA já vazou versão de teste, então basta esperar... Voltando ao ponto inicial, ele é um ótimo aparelho, pena que foi ser a Motorola a fazer ele ):
Gabriel
Hoje mesmo, recebi um e-mail de um Samsung por R$2400,00 na Kalunga. A primeira geração foi meio falha, a maioria cópia barata do MacBook ou mais caro que ele. Esse, se não for tão bom quanto, tem um preço bem mais em conta já.
Exibir mais comentários