Início » Arquivos » Internet » Google Play brasileiro também venderá livros e músicas

Google Play brasileiro também venderá livros e músicas

Atualmente só é possível comprar aplicativos para Android no Brasil.

Paulo Higa Por

Quando o Google unificou os serviços de venda de aplicativos, aluguel de filmes e compra de livros sob uma única plataforma, a mudança praticamente não fez diferença aos usuários brasileiros. Basicamente, o Android Market mudou de nome para Google Play e nada mais. Isso deve mudar nos próximos meses, quando a gigante de Mountain View finalmente liberar a venda de livros e músicas no Brasil.

O anúncio foi feito hoje no Google Press Summit 5.0, evento que a empresa está realizando em Santiago, no Chile. O brasileiro Hugo Barra, diretor de produtos móveis do Google, afirmou que o potencial de crescimento do Android na América Latina é bem grande. Os smartphones são responsáveis por apenas 13% dos celulares utilizados no Brasil, um índice bem diferente dos Estados Unidos, onde os celulares comuns são minoria desde maio do ano passado. A ativação de smartphones Android quadruplicou por aqui em 2011.

Loja brasileira do Google Play também venderá músicas e livros.

Para que a compra dos novos produtos seja possível, será necessário possuir um cadastro no Google Play e confirmar o CEP pelo celular para evitar fraudes. A aquisição de aplicativos, jogos, livros e músicas deverá ser ainda mais prática — o Google fechou uma parceria com as operadoras brasileiras que permitirá a cobrança diretamente na fatura mensal do celular. Isso poderá possibilitar a compra de aplicativos mesmo sem um cartão de crédito internacional e tornará os desenvolvedores do Android ricos, famosos e felizes para sempre.

Ainda não há datas para a disponibilidade de livros e músicas na Play Store brasileira, mas o serviço deverá receber as novidades “em alguns meses”. Resta saber se eles também causarão polêmicas como a iTunes Music Store, já que o Google ainda não vende conteúdo em moeda nacional. Os valores estimados são exibidos em reais, mas a cobrança é feita em dólares na fatura do cartão de crédito.

Com informações: O Globo.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Filipe Antunes
Gostaria de saber como poderei colocar livros em formato digital à venda no Google Play do Brasil! Muito obrigado. Filipe Antunes
Hugo
Olá, pessoal! Alguém sabe dizer como eu faço essa confirmação do CEP no celular? Estou tentando e não consigo achar essa opção... Agradeço de coração qualquer ajuda.
Jean
Bem, já usei alguns apps piratas, mas foi só para testes. Acabei comprando todos os que me agradaram. O legal seria se todos os aplicativos pagos tivessem um período de testes (uns 5 dias, por exemplo), com direito a devolução do dinheiro se não agradar. Os 15 minutos para testes que o google dá são insuficientes.
Rardgi
Verdade. Acho um tremendo absurdo quando ouço alguém dizer que pagar 3, 4 Reais por um jogo é caro. Eu já tive aplicativos piratas no meu aparelho, hoje, não mais. O preço é irrisório e o suporte é garantido. Até ebook (.mobi ou pdf mesmo), deixei de piratear. Comparado com os valores praticados a uns 2 anos, o preço caiu muito.
samy
Qualquer compra com operadoras precisa colocar o codigo pin.
Daniel Lobo
Engraçado que todo mundo tem vontade de comprar, desde que sejam a preços módicos. Faz tempo que eu não coloco um Aplicativo pirata no Android. Todos são originais, comprados no Play ou na lojinha da Gameloft, justamente por serem baratos.
Forbidden_404
Quero comprar pelo credito do pré-pago, isso sim!
Wesley
Então vamos logo logo ter Google Music no Brasil? Finalmente!
Alexandre
agora que eu li o artigo, hehe, posso comentar. Comprar apps sem cartao direto na conta da operadora? Acho meio perigoso, ainda mais com filhos moderninhos de hoje em dia. Meu, fico pensando ainda nas empresas que tem dezenas de vendedores, esses caras vao quebrar as empresas, euheueheuhu
Alexandre
Ta, mas queremos comprar dispositivos na google play, QUEREMOS GALAXY NEXUS/X!!!E baratinho!!!
Yangm
Para nOOOOOOOOOOOssa alegria.
@ffreitasb
podiam vender dispositivos com preço bem bacana também. a exemplo da loja dos EUA...